Pedro Paulo Bravo

 

 Pedro é ator, cantor e bailarino profissional qualificado pelo IBAC e Sindicato de dança do Rio de Janeiro, especializou-se em sapateado americano, atuando ainda nas modalidades de Ballet moderno, Dança contemporânea e Jazz.

   Estudou com grandes nomes da dança no Brasil e no exterior, como: Adriana Salomão, Brenda Bufalino, Cintia Martin, Chris Matallo, Chloe Arnold, Max Pollak, Heather Cornell, Germaine Goodson, Sarah Reich, Regina Sauer, Jason Samuels Smith, Steven Harper, entre outros.

   Como professor, atuou no Centro de Artes Nós da Dança, no CAP (Curso de Aperfeiçoamento Profissional) do Sindicato dos Profissionais da dança do Rio de Janeiro e em outras importantes escolas do Estado e em grandes festivais de sapateado do Brasil, como “Tap in Rio”, “Encontro dos ritmos”, e “Copasetic”.  Em 2018, ministrou um curso de sapateado na Escola Swintiago, no Chile e atualmente, é professor na Company Dance Center, em São Paulo, além de dar workshops dentro e fora do país.

   Ao longo de sua carreira participou de importantes festivais como Danzamérica, na Argentina, Tap City, em Nova Iorque, realizando ainda cursos na Steps on Broadway e Broadway Dance Center, nos Estados Unidos. Como diretor artístico promove anualmente o festival “Dança em Dia” em Saquarema (RJ), além do Festival de Sapateado “Copasetic”.

   Suas performances em TV incluem o Reality ‘’Q’ VIVA – O escolhido’’ da TV Record em parceria com a cantora e Atriz Jennifer Lopez, o programa “Astros’’, Programa do Ratinho do SBT, Got Talent Brasil, da TV Record, “Domingão do Faustão”, “Conversa com Bial”, da rede Globo e ‘’Máquina da fama’’do SBT, com o tributo a Gene Kelly , no qual foi vencedor.

   Fez parte da Comissão de frente no Desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro, compondo ainda, o carro de sapateadores do Salgueiro, coreografado por Steven Harper e Adriana Salomão.

   Integrou a cia Claquettes de sapateado, de Cintia Martin, participou da abertura dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016 e foi sapateador convidado para se apresentar no espetáculo de 25 anos da Orquestra Brasileira de Sapateado em 2017.

  Integrou o elenco de grandes musicais como “Cantando na Chuva” ao lado de Cláudia Raia e Jarbas Homem de Melo, “O jovem Frankestein”, da UNIRIO e a versão brasileira do musical da Broadway “Os produtores”, com Miguel Falabella, Daniele Winits, Marco Luque e grande elenco. Participou do primeiro concerto de musicais do Brasil, sob direção do Maestro Marconi Araújo e foi convidado a integrar o Esemble da Cantora Inglesa Sarah Brightman, na sua Turnê Mundial “Hymn”, em 2018.