Apresentação

   O Tap in Rio é um festival de sapateado americano, com sede no Rio de Janeiro. O evento nasceu em janeiro de 2002 de uma iniciativa de Steven Harper e Adriana Salomão. Criado originalmente para ser um simples curso de verão de sapateado americano, tornou-se aos poucos um evento de referência no país e no mundo, reunindo os melhores profissionais do meio e centenas de alunos em torno de aulas, apresentações, mesas-redondas e outras atividades.

   De 2002 para cá, a fórmula, os cursos, os eventos paralelos e, principalmente, o espírito do festival foram se firmando – e o Tap in Rio não para de crescer. A primeira edição, ao longo de 5 dias, contou com 5 professores, 5 cursos e 3 master classes e atraiu em torno de 40 participantes. Em 2018 as atividades se estenderam por 6 dias, com 34 professores, 15 cursos, 32 master classes e mais de 350 sapateadores de diversas partes do Brasil e do mundo – em 2019 esperamos bater a marca de 400 participantes.

AS ATIVIDADES

  • Cursos e Master Classes com os melhores professores do Brasil e do exterior, durante 6 dias. O ensino e aprimoramento do sapateado americano é o carro chefe do evento e as aulas enfocam em aspectos específicos, tais como: técnica e dinâmica, percepção musical, improviso, composição coreográfica, repertório, etc… Completam o cardápio oferecido aulas de “modalidades irmãs” ou complementares, como percussão corporal, danças brasileiras, hip hop, lindy hop, estudos rítmicos, percepção musical, sonorização de palco, produção, etc.
  • Palco Tap in Rio – As noites de apresentação são momentos de celebração do sapateado e canal de expressão dos participantes do evento, tanto  profissionais quanto amadores. Os espetáculos acontecem desde 2017 no Teatro Fashion Mall, em São Conrado, com plateia de 350 lugares.
  • Desafio Tap in Rio – O concurso tem como finalidade descobrir, destacar e premiar solistas de talentos, capazes de apresentar uma coreografia com personalidade e domínio técnico. Não julga o número como um todo, nem a coreografia, somente o sapateador, daí a opção por uma coreografia única e pré-estabelecida para todos os participantes.
  • Batalhas Tap in Rio – premiando o(a) melhor improvisador(a); conhecida nos EUA por “Cutting Contest”, a Batalha é um duelo entre dois sapateadores, com regras estabelecidas e um corpo de jurados para determinar o vencedor. Temos a Batalha Teen e a Batalha Adulta.
  • Brigadas Urbanas – As brigadas urbanas são grupos de sapateadores que invadem as ruas do Rio de Janeiro, dando visibilidade ao sapateado e se posicionando de forma criativa contra a falta de espaços e possibilidades culturais. Trata-se de uma grande improvisação onde todos os elementos presentes – o público, os carros que passam, os prédios e as cores da cidade – fazem parte desse sapateado, que é concebido no instante da sua execução.
  • Jam Sessione festa de encerramento, com Mark Lambert Trio, ao vivo;
  • Homenagem Tap in Rio – premiando personalidades que se destacaram no desenvolvimento do sapateado no Brasil. O festival homenageia periodicamente uma personalidade do sapateado no Brasil, alguém que se destaca por sua contribuição e incentivo à nossa arte.
  • Bate-papo sobre diversos temas atuais de interesse ao sapateador.
  • Cine Tap – mostra de vídeos raros do sapateado de ontem e hoje.
  • Cantinho de leitura  – os principais livros e publicações, em diversos idiomas.

Como deve ficar, cores