Desafio Tap in Rio

Dudu Martinz

Atenção: clique aqui para informações sobre o DesafioTeen 

O grande vencedor do Desafio 2018 foi Eduardo Martinz, de São Paulo. Nosso sincero parabéns.

Veja a performance do Dudu Martinz aqui

O Desafio Tap in Rio é um concurso de solistas. Tem como finalidade descobrir, destacar e premiar sapateadores de talento, capazes de se apresentar no palco com personalidade e domínio técnico.  O Desafio Tap in Rio está passando por grandes reformulações. É, quase, um novo Desafio. Confire abaixo.

MUDANÇAS IMPORTANTES NA FORMA DE CONDUZIR O DESAFIO EM 2018:

  • O Desafio deixa de ser uma competição de interpretação de coreografia. Amplia a proposta para se tornar um desafio completo, envolvendo outros aspectos da performance cênica;
  • Não há mais uma coreografia determinada, somente diretrizes gerais a serem respeitadas.
  • Será realizado com música ao vivo;
  • Voltamos a ter uma categoria só, contemplando homens e mulheres;
  • Vencedores de desafios passados estão agora autorizados a participar.

ACRESCENTAMOS ENTÃO, COMO PARTE INTEGRANTE AO DESAFIO:

  • A capacidade de decidir como quer que a música seja executada;
  • A capacidade de comunicar essa intenção de forma clara aos músicos;
  • Demonstrar que sabe dialogar com músicos em cena e conduzir-los a tocar seu arranjo até o fim;
  • Demonstrar que sabe criar e executar um número harmonioso em todos os sentidos.

COMO FUNCIONA:
O tema musical é o mesmo para todos: Perdido, de Juan Tizol. A canção é um “standard” oriundo do repertório do jazz, porém muito versátil e facilmente adaptável a outros estilos musicais, como funky, brasileiro, latino, reggae, etc. Ver mais detalhes abaixo.

Por causa da variedade possível de estilos musicais e andamentos, decidimos que não era possível estabelecer uma coreografia única para todos, somente diretrizes que serão detalhadas na ficha de inscrição e num vídeo no Youtube.

O desafiante tem que definir as outras dimensões da sua relação com a música e moldá-las a seu gosto.

Ao subir ao palco, cada competidor terá 1 minuto de reunião com os músicos para passar suas instruções. Ao final desse tempo, deverá começar. Não haverá comunicação prévia com os músicos (antes da hora de subir ao palco).

A banda é composta de guitarra, baixo elétrico e bateria. Nosso guitarrista também pode cantar.

ELEMENTOS A COMBINAR NA HORA COM OS MÚSICOS:

  • Qual tipo de ritmo você quer que os músicos toquem a música (jazz, pop, funk, brasileiro, latino…);
  • O andamento que você quer;
  • O arranjo: tema + solos (?) + breaks (?) + ? …. e como termina?

Atenção: O tempo total do número não pode passar de 2 minutos e 30 segundos.

PASSOS E CONCEITOS A INCLUIR NA COREOGRAFIA:

  • Tratamento rítmico de acordo com o estilo musical escolhido;
  • Variedade de divisões rítmicas;
  • Dificuldades técnicas, porém com harmonia coreográfica (não procure fazer uma demonstração de passos difíceis, tem de haver um “porque”);
  • Giros;
  • Deslocamentos espaciais consequentes;
  • Harmonia corporal (evite coreografias “tudo no pé”);
  • Mudanças de foco (evite o tudo frontal);
  • Diálogo com os músicos e com a plateia.

SOBRE O TEMA: Standard de jazz de 32 compassos na forma AABA. Existem centenas de gravações para você se inspirar e criar a sua. Seguem algumas, em ritmos diversos. Clique nos links.

DICAS:

  • Seja efetivo e objetivo;
  • Saiba exatamente o que quer antes de falar com os músicos;
  • Tenha certeza de conhecer bem o tema, sua estrutura e a forma de explicar isso aos músicos;
  • Não tente fazer arranjos mirabolantes;
  • No palco, esteja sempre em controle da situação. Conduza os músicos;
  • Pense no número como um todo artístico, não uma sequência de passos complicados;

REGULAMENTO:

  • O Tira-teima será  um bate-papo com Steven e Mark Lambert para o desafiante tirar dúvidas e ficar à vontade com a proposta;
  • Tendo mais de 7 (sete) inscritos, será necessária uma pré-seleção, cuja/na qual principal critério avaliado será o domínio técnico. Detalhes em breve;
  • Os candidatos que não forem selecionados receberão o valor da inscrição de volta;
  • Haverá somente uma categoria e um vencedor. Não haverá premiação para o segundo e o terceiro lugar;
  • Os professores do evento não podem concorrer;
  • O júri é formado por professores do evento ou convidados pela organização. Os diretores do Tap in Rio (Steven e Adriana) não participam do júri nem opinam sobre o resultado.


PREMIAÇÃO:
O vencedor receberá um troféu criado pelo artista plástico Diogo Monteiro. Além do troféu (e do direito de andar de peito estufado durante um ano), os vencedores ganham uma bolsa integral para o Tap in Rio 2019.

 CUSTO: A taxa de inscrição é de R$50,00. Inclui o ingresso para o teatro.

COMO SE INSCREVER: 

Envie um e-mail para tapinrio@gmail.com com o seguinte assunto “Inscrição DESAFIO ADULTO (seu nome)”;
No corpo do e-mail coloque:
Nome:
Idade:
Cidade:
Estado:
E-mail de contato:
Telefone com DDD:
Forma de pagamento: Pag seguro, Pay pal ou depósito

Enviaremos um e-mail acusando o recebimento de sua inscrição e informaremos os dados para pagamento.

Após realizar o pagamento nos informe, enviando o comprovante de depósito. Se for via Pag Seguro ou Pay pal receberemos uma aviso automaticamente desses sistemas que sua inscrição foi paga.

 

 

 

GALERIA DA FAMA – VENCEDORES DE TODOS OS TEMPOS

 

 


[/bs_row]